Policial
Arquivo PPnews

O subcomandante do 21º BPM de Francisco Beltrão, Major Gerson Zocchi, em entrevista a Rádio Educadora a respeito da ocorrência na noite de segunda-feira (23) em Salto do Lontra onde dois irmãos foram mortos em uma abordagem da Polícia Militar informou que um Inquérito Policial Militar (IPM), já foi instaurado para apurar as circunstâncias em que os fatos ocorreram.

O Major Zocchi, disse que a Criminalística esteve no local realizando a perícia, a Polícia Civil, IML e demais órgãos foram comunicados como o Ministério Público através do GAECO, e a corregedoria central em Curitiba.

Zocchi disse que todos os procedimentos em que havia necessidade foram tomados de forma imediata, como diz a lei.

Um oficial foi designado para conduzir o IPM e o prazo para conclusão é de 60 dias. “Agora vamos aguardar a conclusão do inquérito policial para verificar se existe algum fato novo que não esteja na versão inicial da equipe”.

A ocorrência:

De acordo com Zocchi os fatos aconteceram na noite de segunda-feira (23) quando os policiais foram informados sobre um veículo com placas de fora estava circulando na área central da cidade.  “Pessoas não conhecidas na cidade, placas de fora, e como tivemos alguns eventos de crimes graves ocorrendo nessa região ali, os policiais acabaram fazendo essa abordagem e, infelizmente, ocorreu esse cenário trágico para todo mundo, para as vítimas, familiares, policiais, não é uma tarefa fácil entrar em confronto armado e tirar a vida de alguém”.

O trágico desfecho terminou com a morte dos irmãos Orestilhano da Rosa Junior, 21 anos e Adrian Beppler da Rosa, 26 anos que residiam em São Francisco do Sul (SC) para onde os corpos foram encaminhados após liberados no IML.