Tempo
Foto: iStock

Um sistema de baixa pressão atmosférica localizado entre o norte da Argentina e Paraguai, é capaz de favorecer a formação de nuvens carregadas e espalhar chuva sobre grande parte do estado nesta segunda (6), e por isso há previsão de chuva em todas as áreas. Atenção especial à Fronteira Oeste gaúcha, onde a chuva vem acompanhada por muitos raios, rajadas de vento entre 40-50km/h e eventual queda de granizo. Em Porto Alegre, a chuva acontece no final da noite, também acompanhada por trovoadas.

Na terça-feira (07), o sistema de baixa pressão começa a se deslocar em direção ao estado gaúcho, mantendo as rajadas de vento moderadas a fortes, especialmente no litoral e região sul, áreas onde a velocidade do vento varia entre 60-80km/h, especialmente entre a tarde e noite. No decorrer do dia o tempo segue muito instável sobre estas regiões e na Fronteira Oeste, Grande Porto Alegre, Campanha, e região central, que seguem sob alerta para fortes temporais, com muitos raios e risco para eventual queda de granizo.

Já a partir da madrugada de quarta-feira (08) o sistema se desloca rapidamente em direção ao oceano, evoluindo para um ciclone extratropical, e posteriormente dando origem a uma nova frente fria. Praticamente todo o Rio Grande do Sul ainda fica sob alerta para o potencial de tempestades, com destaque para a Campanha, Depressão Central, e região Metropolitana da Capital. Os volumes de chuva são elevados neste dia sobre o estado, o que pode gerar transtornos em áreas vulneráveis, como alagamentos e deslizamentos de terra.