Saúde
Foto Arquivo/Agência Brasil

O boletim semanal da dengue divulgado nesta terça-feira (02) pela Secretaria Estadual da Saúde confirma um óbito e 295 novos casos da doença no estado; o acumulado de casos no período epidemiológico, que começou em agosto de 2020 e segue até o final de julho deste ano, é de 3.424 casos e sete óbitos.

O óbito divulgado nesta semana foi registrado em 9 de fevereiro de 2021, no município de Londrina. Trata-se de um homem, de 70 anos, que apresentava quadro de hipertensão arterial e que contraiu a doença no município onde residia.

“A Secretaria da Saúde do Paraná tem apoiado sistematicamente ações de remoção técnica de criadouros do mosquito transmissor da dengue junto aos municípios; deslocamos nossas equipes técnicas para este trabalho que engloba ainda a orientação nos mutirões de limpeza e informações junto à comunidade”, disse o secretário Estadual da Saúde, Beto Preto.

Equipes da Vigilância Ambiental da Sesa já participaram de atividades em cidades de várias regiões, como Sengés, na área da 3ª Regional de Saúde de Ponta Grossa; Kaloré, na área da 16ª Regional de Apucarana; Serranópolis do Iguaçu, na área da 9ª Regional de Foz do Iguaçu, e Assaí, na área da 17ª Regional de Saúde de Londrina.

Em Assaí, a ação aconteceu no último final de semana e além de mutirão, foram instaladas armadilhas para mensurar a infestação do vetor. São armadilhas incorporadas pelo Programa Nacional de Controle da Dengue, do Ministério da Saúde, e que reproduzem o ambiente de um criadouro para efeito de pesquisa e indicação de medidas de combate.

Envolvimento – O secretário Beto Preto ressaltou que, neste momento que o Estado passa pelo agravamento da pandemia do coronavírus, é preciso ter atenção redobrada com os agravos que podem ser preveníveis, como a dengue.

“E, esta prevenção está ao alcance de todos com a eliminação de pontos que acumulam água parada nos quintais e ambientes internos das residências; cerca de 90% dos criadouros do mosquito Aedes Aegypty estão em espaços domésticos e podem ser removidos. Por isso, conclamamos a participação e o envolvimento da população neste enfrentamento; a dengue é grave e continua provocando a morte de pessoas no estado”, destaca.

O informe desta semana apresenta 16 municípios com dengue com sinais de alarme e 07 municípios com casos de dengue grave.

O Paraná soma 33.484 notificações para a dengue em 346 municípios. O estado tem ainda 8.349 casos em investigação.

(Fonte SESA)