Francisco Beltrão
Foto Divulgação/Assessoria

Nesta sexta-feira, 31, aconteceu a cerimônia de inauguração da nova sede do Centro de Artes Marciais em Francisco Beltrão, no prédio antigo restaurante do Parque Alvorada, que foi revitalizado e adaptado para as m ais diversas modalidades. A parceria envolveu a administração municipal, através da secretaria municipal de Esportes, com a Associação Beltronense de Artes Marciais (ABAM).

No local serão ofertadas gratuitamente aulas e projetos sociais de Capoeira, Muay Thai, Kung Fu, Karatê, Taekwondo, Juijitsu, Judo, Boxe e MMA, atendendo todas as idades, gêneros e pessoas com deficiência. Durantes suas falas, o presidente da Abam, Joares Chaves, e o coordenador do Centro, Álvaro Mroginski, enfatizaram o apoio recebido da administração municipal e a importância do projeto para as crianças, principalmente as carentes. “Agora temos um local adequado para as nossas atividades”, disse Joares.

O prefeito Cleber enfatizou que desde o início do mandato a administração apoia todas as modalidades esportivas. “Esse é um projeto social de suma importância para a nossa gente e continuaremos dando o suporte necessário para a sua manutenção!, disse Fontana. Dentre os participantes da cerimônia, compareceu o  Ladslav Lenoch, o primeiro professor de karatê do município. Implantou a primeira academia na cidade em 1.977 e há 48 anos é praticante do karatê. Outra convidada ilustre que estava presente é Tastiane de Lara, esposa do lutador beltronense Elizeu Capoeira, com o filho Joaquim.

Após os pronunciamentos aconteceram algumas apresentações. O grupo Recriart, da Escola Municipal Recanto Feliz, encantou novamente com a coreografia “O Melhor Daqui é a Nossa Gente”. Na sequência foram realizadas demonstrações de Kung Fu, Capoeira e karatê-do.  A bênção do espaço ficou por contra do padre Nilzeu Albuquerque, pároco da Paróquia Nossa Senhora Aparecida do Bairro Alvorada e do Pastor Eder Mineto, presidente do Conselho de Pastores Evangélicos (Conpev).

Histórico do Centro de Artes Marciais

Em 26 de Julho de 2011 foi inaugurado o Centro de Artes Marciais tendo como sede o prédio da antiga Apae no bairro Alvorada, proporcionando aulas de capoeira, Muay Thai, Karatê e Boxe. Foi o primeiro passo dos professores destas modalidades em prol de um espaço onde pudessem desenvolver seus projetos desportivos e culturais relacionados as artes marciais.

Na sequência mais modalidades passaram a ser ofertadas, o número de adeptos cresceu e um novo conceito da prática de artes marciais se estabeleceu no município. Após seis anos o Centro perdeu sua sede, passando a ocupar o antigo pavilhão de festas da paróquia Nossa Senhora Aparecida do bairro Alvorada.  Os professores da área criaram a Associação Beltronense de Artes Marciais, conquistando novas parcerias e surgiu a meta de utilização do antigo restaurante do parque Alvorada.  O prefeito Cleber Fontana foi receptivo à proposta, disponibilizou materiais para a reforma e a associação a mão de obra. Desta forma o sonho se tornou realidade.

(Assessoria)