Segurança
Foto UR XII

Um homicídio foi registrado no inicio da noite de sexta-feira (15), em Bernardo de Irigoyen, Argentina, local conhecido como bairro Obrero, onde foi morto com pelo menos 10 disparos de arma de fogo Diego Pimentel, 31 anos de idade.

Diego teria ido até a casa de um homem brasileiro, que reside na Argentina, para cobrar explicações do desaparecimento de seu primo, Maximiliano Pimentel, que trabalha para o brasileiro e desapareceu no dia 12 de abril para transportar uma carga de vinho.

Na casa houve uma discussão e Diego acabou sendo morto. O suspeito de cometer o homicídio foi preso pela Polícia de Missiones e encaminhado para Bernardo de Irigoyen.

O primo Maximiliano ainda não foi localizado.

Informações do comandante da UR XII da Polícia de Bernardo de Irigoyen, Comisario Mayor, Leonardo Javier Viera, via Jornal da Fronteira.