Pato Branco
Foto Polícia Civil

A Polícia Civil de Pato Branco elucidou nesta quarta-feira (21), o desparecimento de Elizeu Budnik, 28 anos, que não havia mais sido visto deste o último sábado (17).

Após receber a informação do desaparecimento do homem que seria morador de Prudentópolis e estava na casa de familiares em Pato Branco, a Polícia Civil, iniciou as investigações e chegou ao local onde o corpo foi encontrado na Linha Caravaggio, escondido embaixo de uma lona.

Conforme a polícia, um homem de 23 anos, morador do local, assumiu a autoria do crime, alegando que Elizeu havia pego sua filha de apenas 03 anos e mantido ela refém, causando inclusive lesões na criança.

Ainda de acordo com a polícia, o pai interferiu e entrou em luta corporal com Elizeu, ferindo ele com golpes de pedra e machado na cabeça.

A Criminalística esteve no local e após liberado o corpo foi encaminhado ao IML. O autor foi entregue na 5ª SDP.