Paraná
Foto ilustrativa. (Fonte: Pexels)

Um homem de 63 anos, morreu ao sofrer um ataque de abelhas em Alvorada do Sul na região Norte do Paraná, no sábado (23). Ele não resistiu e morreu no local, antes de receber atendimento. Já um amigo que pescava junto com ele conseguiu escapar das abelhas. As informações são do Portal Ric Mais.

Segundo a Secretaria de Saúde do Paraná, há algumas medidas para prevenir ou amenizar o ataque de abelhas. Sons de motores de aparelho de jardinagem, por exemplo, deixam as abelhas extremamente irritadas, então uma boa forma de prevenir é evitar esse tipo de som, quando perto de um enxame.

Barulhos, perfumes fortes, desodorantes e até mesmo o suor podem incitar um comportamento agressivo nesses animais, evitá-los em lugares de risco pode ser uma forma de prevenção. Evitar correr ou andar na rota de voo das abelhas também é indicado.

A Secretaria de Saúde do Paraná orienta evitar se aproximar de colmeias de abelhas africanizadas Apis mellifera sem estar com vestuário e equipamento adequados. Segundo esse órgão, a remoção de colônias de abelhas em lugares públicos ou residências deve ser efetuada por profissionais devidamente treinados e equipados, de preferencia durante a noite ou ao entardecer, quando os insetos estão calmos. O Corpo de Bombeiros não faz a retirada de colmeias.