Paraná
Foto Polícia Militar

Uma confusão por causa de uma cerca e transporte de uma colheitadeira resultou na morte de dois irmãos na quinta-feira (21), em Laranjal, na região Centro-Sul do Paraná.

Conforme informações do Portal Ric Mais, um dos irmãos, de 46 anos, contratou uma terceira pessoa para fazer o transporte de um maquinário. Entretanto, o trajeto passaria por dentro do terreno do irmão do dono da colheitadeira.

Segundo informações repassadas pela Polícia Militar, no momento em que o contratado cortou a cerca para atravessar o terreno, o proprietário do local reagiu com violência. Com uma foice nas mãos, o homem de 52 anos partiu para cima do funcionário do irmão. Sem ferimentos, o rapaz conseguiu escapar e informou o contratante sobre a ocorrência.

Diante das ameaças, o rapaz acionou a PM, que compareceu na propriedade rural, no Rio da Gralha. Para os policiais, o dono do terreno revelou que tentou acertar o invasor com uma foice, pois não tinha autorizado a passagem. Por outro lado, o irmão dono da colheitadeira confirmou que eles tinham entrado em um acordo.

Os ânimos dos irmãos foram acalmados e a equipe policial deixou o local. Pouco depois, eles voltaram a discutir e desta vez foi o dono da colheitadeira que agiu com violência. O homem de 46 anos sacou uma arma e disparou várias vezes contra o próprio irmão.

A vítima não resistiu aos ferimentos e entrou em óbito no local. A equipe policial retornou ao imóvel, mas desta vez foi recebida com tiros pelo homem que atirou. Diante da reação do suspeito, os policiais revidaram e o homem também não resistiu.

A equipe policial apreendeu um Rifle CBC calibre .22, 20 munições intactas calibre.22 e mais 40 munições calibre .38.