Francisco Beltrão
Foto Luiz Carlos Maciel/PP News

O funcionário público municipal de Francisco Beltrão, Edimar Stadler, que mora na pedreira Mãe Natureza, onde funciona o Centro de Zoonozes, e no momento que tratava os animais na tarde deste domingo (09), acabou localizando em meio a pedras e vegetação, o corpo de um homem já e avançado estado de decomposição.

Segundo Edimar, ele disse que percebeu os cães bastante agitados, fez buscas nas proximidades, avistou algo parecido com uma calça e ao se aproximar encontrou o corpo.

A Polícia Militar, Polícia Civil, Criminalística e IML foram acionados para os procedimentos no local.

O homem estava vestindo calça jeans, camisa azul e botina preta e não tinha nenhum documento que o identificasse.

Segundo informações, no dia 02 de janeiro houve movimentação de pessoas na Rua Paula Freitas, que passa no alto da pedreira, e que possivelmente esta pessoa deve ter caído ou sido arremessado do alto do penhasco. A necropsia vai apurar a causa da morte.

A Polícia Civil investiga o caso.