Região
Imagem ilustrativa retirada da internet

A Polícia Civil através da Delegacia da Mulher de Pato Branco com apoio da equipe da Polícia Civil de Clevelândia prendeu na sexta-feira (19), um homem de 27 anos, acusado de estuprar uma menina de 11 anos de idade.

Os fatos vieram a tona no dia 16, quando uma mulher, moradora em Clevelândia, madrinha da criança procurou a polícia informando que afilhada havia chegado na casa dela, chorando, com uma lesão na perna, informando o acusado havia agredido ela com uma cinta.

A criança contou que a esposa do acusado havia flagrado ele tocando no órgão genital dela e por isso agrediu ela e a esposa, e a ameaçou de morte caso contasse a alguém.

Ao ser ouvida, a criança informou que o acusado já havia abusado dela por três vezes mantendo conjunção carnal.

A mãe da criança foi ouvida em depoimento e disse que há quatro meses acolheu em sua casa o homem que é primo do seu ex marido, a esposa e dois filhos pequenos, pois não tinham onde morar.

Ela relatou que saia para trabalhar às 18h50 e deixava a filha trancada no quarto onde as duas dormiam, mas o acusado entrava pela janela e praticava os abusos, sempre ameaçando a criança e a mãe dela de morte.

Ao saber que havia sido denunciado o homem fugiu, mas acabou preso através de mandado de prisão e encaminhado ao DEPEN de Pato Branco, onde ficou a disposição da Justiça.

O crime investigado previsto no artigo 217-A do código Penal, tem pena prevista de 08 a 15 anos de reclusão.