Santa Catarina
Imagem ilustrativa retirada da internet

Um homem de 59 anos foi condenado a 90 anos de prisão em regime fechado em Santa Catarina por estuprar e causar a morte do próprio filho. Segundo a Vara Criminal, o menino morreu ainda criança após oito anos de abuso sexual.

O crime chegou ao conhecimento das autoridades em 2021. De acordo com a denúncia apresentada pelo Ministério Público, o homem era responsável pelo banho do filho, momento em que os abusos aconteciam.

Abusado diversas vezes, ele desenvolveu quadro de constipação intestinal crônica que evoluiu para uma oclusão intestinal, necessitando uma cirurgia de emergência.

A criança morreu durante o procedimento, após parada cardiorrespiratória. O processo tramita em segredo de Justiça.

Fonte: Atual FM