Francisco Beltrão
Foto PP News

A Polícia Militar recebeu informações de um homem morador na Rua Clodilde Pavan, bairro Sadia na noite de sábado (03), de que ele havia sido atingido por disparo de arma de fogo e a acusada seria a sua ex-namorada.

Devido a gravidade da denúncia foram acionadas duas equipes da Polícia Militar, o delegado de plantão da 19ª SDP e sua equipe e o Corpo de Bombeiros.

Segundo a PM, no local o homem apresentava um ferimento no rosto e indicou a casa da suposta autora. Na casa, a mulher informou que teve um desentendimento com o ex-namorado que lhe agrediu fisicamente e ela revidou e atirou um copo contra ele, porém não existiu disparo de arma de fogo.

Ainda de acordo com a polícia, o homem foi socorrido a UPA onde o médico de plantão constatou que o ferimento foi causado por objeto cortante e não por disparos de arma de fogo.

Diante da constatação dos fatos e a mobilização policial por se tratar de denuncia de tentativa de homicídio, o delegado de plantão prendeu o homem por denúncia caluniosa e pelas lesões causadas na mulher que desejou representar criminalmente contra ele.

Os envolvidos foram encaminhados a 19ª SDP.