Policial, Regional
A mulher grávida foi socorrida ao hospital pela Polícia Militar – Imagens PM

A Polícia Militar foi solicitada na Rua Aracaju, bairro Pinheirão, na noite de segunda-feira (28) onde um homem estaria ameaçando uma mulher grávida e outras pessoas.

Quando os policiais chegaram ao local, o homem estava ainda mais alterado e começou a ameaçar os próprios policiais, sendo detido e colocado no camburão da viatura.

Neste momento chegou uma mulher com sua filha de 11 anos, informando que o referido homem havia agredido a criança no pé e na orelha e ela desejava representar contra o agressor.

Enquanto os policiais faziam os procedimentos a mulher grávida de 17 semanas pediu socorro a equipe, pois estava perdendo líquido.

Devido a distância até a chegada de socorro os policiais resolveram prestar socorro a mulher grávida, encaminhando até o Hospital São Francisco e posteriormente encaminharam o agressor para a 19ª SDP.

A criança agredida foi encaminhada a UPA junto com sua mãe, onde foi atendida e liberada.