Geral
Crédito: Reprodução/De Olho No Tempo Meteorologia

Uma célula de tempestade que se formou no início da tarde desta terça-feira (20) no norte do Rio Grande do Sul avançou para o meio oeste de Santa Catarina provocando muito granizo na altura do município de Zortéa.

De acordo com a Defesa Civil, muitas casas foram destelhadas e lonas plásticas foram distribuídas à população. Na zona rural, plantações inteiras de milho foram trituradas por pedras de até cinco centímetros de diâmetro.

A estação meteorológica automática operada pelo Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) no município de Joaçaba, a mais próxima de Zortéa, registrou a passagem da instabilidade, com chuva e rajada máxima de vento de 17,3 m/s, o que equivale a 62,2 km/h.

(Fonte da informação: De Olho No Tempo Meteorologia)