Paraná
Foto Polícia Militar/Divulgação

O galo que viralizou após ser apreendido pela Polícia Militar em Ivaiporã (a 140 quilômetros de Maringá) na madrugada do último domingo (06), após uma denúncia de perturbação de sossego realizada por um vizinho deverá ser devolvido ao dono nesta terça-feira (08). Apesar disso, o proprietário não poderá ficar com o animal em casa. Isso porque o código de posturas do município não permite a criação deste tipo de ave em perímetro urbano.

Segundo a diretoria de Meio Ambiente de Ivaiporã, o proprietário tem cinco dias para retirar a ave, que por enquanto está na casa de um funcionário. Após isso, ele deverá encontrar um lugar afastado da cidade para manter o galo, que é criado por um coletor de recicláveis como um animal de estimação.

As informações são do GMC Online