Clima
Imagem Metsul

Uma frente vai avançar pelo Sul do Brasil entre quarta-feira (26) e quinta-feira (27) rompendo o persistente bloqueio atmosférico e, após duas semanas de temperatura muito acima do normal, estourará a bolha de calor. A temperatura despencará em relação ao que vem se registrando na quinta e se iniciará uma sequência de dias de marcas mais agradáveis e perto dos padrões históricos médios desta época do ano.

Esta massa de ar frio vai derrubar as máximas à tarde entre 10ºC e 15ºC em relação ao que vem se registrando e as noites terão mínimas 5ºC a 8ºC mais baixas que as registradas nestes dias da onda de calor. Em outras palavras, o desconforto térmico vai cessar e condições agradáveis devem predominar por alguns dias após a passagem da frente fria e o ingresso do ar mais ameno.

Noites muito mais agradáveis

Embora massas de ar frio nesta época do ano não tragam frio propriamente dito para a grande maioria dos municípios, noites bastante agradáveis são esperadas.

Com escassa umidade no solo, a energia térmica que normalmente seria usada na evaporação – um processo de resfriamento – aquece diretamente o ar e o solo.

Quando a superfície da terra está mais seca, assim, ela não consegue se resfriar por evaporação, o que torna a superfície ainda mais quente, o que fortalece ainda mais o bloqueio da cúpula de calor. Não à toa a maioria das mais poderosas ondas de calor da história gaúcha ocorreram sob forte a severa estiagem, caso de 1943 que tem os recordes oficiais de máxima tanto de Porto Alegre como do interior.

Para ler a notícia completa acesse METSUL