Regional
Foto: Divulgação/PF

Desde a última sexta-feira (16), policiais federais de Foz do Iguaçu conjuntamente com o BPFron e Guardas Ambientais da Província de Missiones e Guardas Ambientais Federais Argentinos, realizaram a operação de patrulhamento da fronteira Brasil – Argentina no Rio Iguaçu entre os municípios de Capanema e Foz do Iguaçu.

A operação foi encerrada na tarde deste domingo (18) e obteve como resultado a apreensão e destruição de 4 embarcações de madeira que foram localizadas dentro do Parque Nacional do Iguaçu, também foram apreendidas redes de pesca, linhadas e destruídos 4 campos de caça clandestina no interior do Parque Nacional do Iguaçu e no lado argentino da fronteira.

Ao longo da operação foram navegados mais de 60 km de curso do Rio Iguaçu e do Rio Santo Antônio e vistoriados 7 portos no lado argentino do Rio Iguaçu, também foi realizado o patrulhamento a pé do Parque Nacional do Iguaçu.

A operação contou com o apoio logístico do Instituto Chico Mendes – ICMBIO.

(Assessoria DPF Foz do Iguaçu)