Francisco Beltrão
Foto: Queli Oliveira

Na manhã de sábado (16) as filhas de Marli Frizanco, Edilaine e Eliane participaram do programa Redação 1060 da Rádio Educadora de Francisco Beltrão, onde comentaram sobre o desaparecimento da mãe Marli da Silva Frizanco em 29/06/2016, sobre a prisão do seu pai José Frizanco, que era suspeito do desaparecimento, de toda a investigação que culminou com sua prisão em 28/11/2016 e o julgamento que encerrou na sexta-feira (15) com a condenação dele a 30 anos e 8 meses de prisão a ser cumprida na Penitenciária Estadual de Francisco Beltrão.

As duas irmãs disseram que justiça foi feita, que era o que elas buscavam desde que a mãe desapareceu e que agora a esperança é que o pai (José Frizanco) algum dia confesse onde está o corpo para que possam fazer um enterro e ter um lugar onde possam dizer que ali estão os restos mortais de sua mãe.

No programa foi mostrado o áudio da sentença final proferida pela Juíza Janaina Monique Zanellato Albino anunciando a condenação.

As irmãs também agradeceram o empenho da Promotora de Justiça Silvia Skaetta Nunes e todas as pessoas que se dispuseram em testemunhar, que foi o que fez a diferença, além do empenho da Polícia Civil durante a toda a investigação.