Saúde
Deputado Reichembach (PSC) com Patrícia Velasquez (coordenadora do curso de Farmácia) e Fabiane Mattei (farmacêutica responsável pela Farmácia da Partilha). Foto: Assessoria Reichembach

Da Assessoria – Na terça-feira (30), o deputado Reichembach (PSC) utilizou o espaço da sessão plenária da Assembleia Legislativa do Paraná (Alep) para falar sobre assuntos de interesse do estado, dentre eles a Farmácia da Partilha de Francisco Beltrão, um projeto que serve de exemplo para todos os municípios paranaenses. 

A Farmácia da Partilha é um convênio entre a Unipar e a Igreja Católica através da Mitra Diocesana e recebe doação de medicamentos de hospitais, clínicas e consultório, serve como ponto de descarte de medicamentos vencidos e também é uma farmácia-escola para os acadêmicos do curso de Farmácia. 

“É um projeto louvável! Temos que divulgar, difundir essa ideia com o objetivo de que novas iniciativas dessa natureza possam acontecer em todo o Paraná, até porque são medicamentos diferenciados que não tem nas farmácias municipais e que atende a toda a população, principalmente quem mais precisa de remédio”, afirma o deputado Reichembach (PSC), que visitou a Farmácia recentemente para conhecer o projeto. 

ATENDIMENTOS – A Farmácia da Partilha também realiza o atendimento para exames de diabetes, glicemia, aferição de pressão e outros. “A preferência é para pessoas de baixa renda, mas atendemos a todos! Com a pandemia, tivemos uma queda na procura, mesmo assim foram registrados 2 mil atendimentos em 2020, mas já chegamos a atender 450 pessoas por mês”, conta Fabiane Meotti, farmacêutica responsável pelo projeto em Beltrão. 

CASTROLANDA – Ainda durante o pronunciamento, Reichembach parabenizou a Cooperativa Castrolanda pelos 70 anos de atividades. “Esta é uma das grandes empresas do Paraná, que impulsiona a economia do estado e do país, além de fortalecer a cadeia produtiva do leite, por isso merece nosso reconhecimento e apoio”, ressalta o deputado que é coordenador da Frente Parlamentar do Leite na Alep. A Castrolanda é formada por mais de 1100 cooperados do Paraná e interior de São Paulo, aproximadamente 3700 colaboradores, e já faturou mais de R$ 5 bilhões em 2021.