Sudoeste
Foto Reprodução RPC

Em julgamento que começou na quinta-feira (22) e terminou na sexta-feira (23) o Tribunal do Júri do Paraná, condenou quatorze ex-policiais rodoviários acusados de cobrar propinas de motoristas na região sudoeste, por organização criminosa. Dos quinze denunciados um não foi a julgamento devido o seu advogado de defesa ter testado positivo para Covid-19 e deverá ser julgado em outro momento.

Todos os 14 foram condenados por organização criminosa, 11 por concussão (quando se exige ilegalmente dinheiro no exercício da função) 3 deles por peculato, 2 por falsidade ideológica e 2 por prevaricação. As penas variam de 06 a 19 anos de prisão.

Os policiais já haviam sido julgados anteriormente e expulsos da corporação, e agora foram julgados e condenados na esfera criminal. A decisão da Justiça ainda cabe recurso.

(G1 PR)