Esportes

Enxadristas de Francisco Beltrão participam de torneio internacional

Foto Divulgação/Assessoria

Neste mês de janeiro uma equipe de cinco enxadristas de Francisco Beltrão participou do Floripa Chess Open 2019, o maior torneio realizado durante o ano no Brasil e na América do Sul, que reuniu na capital catarinense 460 enxadristas de 10 países e 20 estados brasileiros. Foram disputadas 10 partidas de 5 horas cada de xadrez clássico. A equipe contou com apoio da administração municipal, por meio da secretaria de Esportes.

A realização da competição é da Federação Internacional de Xadrez, Confederação Brasileira de Xadrez, Federação Catarinense de Xadrez e Clube de Xadrez de Florianópolis. Os campeões gerais foram o Brasileiro que reside na Georgia (EUA), Alexandr Fier, e o peruano Julio Granda Zuniga. Terminaram empatados na pontuação.

Representaram Francisco Beltrão os enxadristas Marlon Joshua de Oliveira, Janderson da Silva, Amazonas Neto, Dulcineia Betti e Soraya Vallim Miranda. “Disputar um torneio com a presença de grandes mestres do mundo e jogadores titulados é muito difícil, sendo necessário resistência para jogar 5 ou 10 horas por dia, mas ao mesmo tempo é uma experiência única, que refletirá no crescimento da modalidade em nosso município”, define Dulcineia.

Dos atletas beltronenses o destaque foi Marlon Joshua, que a partir desse torneio conseguiu entrar para o ranking internacional da Federação Internacional de Xadrez. Marlon é o sétimo atleta de Beltrão que integra esse ranking internacional. Além do torneio que durou sete dias, os enxadristas participaram de outras atividades oferecidas no mesmo espaço.

Simultânea: Andrés Rodriguez, grande mestre internacional, maior jogador de xadrez da história do Uruguai, bi-campeão do Floripa Chess Open enfrenta 30 jogadores ao mesmo tempo. A enxadrista Dulcineia foi uma das três mulheres que participaram desse evento que jogaram contra o Grande Mestre.

Capacitação de professores: O Floripa Chess Open 2019 realizou uma capacitação para pais e professores ministrada pelos mestres internacionais César Umetsubo e Leandro Perdomo. Os participantes aprenderam conceitos de abertura, estratégia, tática e finais.  Também foram abordadas metodologias especiais sobre pedagogia do ensino de xadrez e organização de torneios. Participaram desse evento Dulcineia e Amazonas.

Torneio Blitz: O torneio Blitz 2019 contou com a presença de 240 jogadores. O sistema de disputa é suíço em onze rodadas com ritmo de jogo de 3 minutos com acréscimo de dois segundos por lance. Os enxadristas Marlon e Soraya participaram dessas atividades.

Assessoria de imprensa

Compartilhe: