Francisco Beltrão

Encontro alerta sobre violência contra idosos

Foto Assessoria

Um encontro organizado nesta semana pela administração municipal de Francisco Beltrão, no Espaço da Arte, abordou o Dia Mundial de Conscientização da Violência contra a Pessoa Idosa, celebrado em 15 de junho. A organização foi da secretaria municipal de Assistência Social, por meio do CREAS (Centro de Referência Especializado de Assistência Social).

Na abertura da programação o prefeito Cleber Fontana enalteceu a estrutura e o trabalho que é realizado pela equipe da prefeitura. “Realizamos um grande investimento na qualidade de vida e na proteção de nossos idosos. Temos uma equipe que realiza o trabalho humanizado. Quem construiu o nosso município merece o nosso respeito e nossa atenção”, disse o prefeito. Também prestigiaram a programação o vereador José Carlos Kniphoff, presidente da Câmara, e as vereadoras Elenir Maciel e Maria de Lourdes Pazzini, dentre outras lideranças.

O psicólogo Cleverson Rio Branco, coordenador CREAS, lembra que a data foi instituída em 2006, pela Organização das Nações Unidas (ONU) e pela Rede Internacional de Prevenção à Violência à Pessoa Idosa. Enfatiza que o envelhecimento populacional é um fenômeno mundial. Só no Brasil existem 30 milhões de pessoas idosas, segundo dados do IBGE (Censo 2017).

As projeções apontam que dentro 40 anos o percentual de pessoas idosas deve triplicar no Brasil, aproximando-se de 30% da população. Segundo as projeções, em 2050 haverá duas vezes mais idosos do que crianças na sociedade brasileira.

O evento desta semana teve apoio da Unioeste, Conselho Municipal dos Direitos do Idoso e os demais equipamentos de atendimentos da Política de Assistência Social.  O foco foi na temática do cuidado, visando conscientizar a população de que cuidar das pessoas idosas é uma das formas de não violência.

Foram realizadas palestras com as médicas Joana Perotta Titon, que falou sobre “Envelhecimento Saudável” e Josiane da Silva Nunes, que abordou o tema “Cuidado e Atenção Especial com a Pessoa Idosa”.

Os organizadores reuniram um grande número de adolescentes com a meta de  preparar as novas gerações com informações e recursos educacionais de forma a assegurar um envelhecimento digno e saudável aos idosos.

Também foram orientados a  denunciar as situações em que os idosos são expostos a violência. As denúncias podem ser feitas pelo telefone 165, que é o canal municipal de atendimento, ou pelos números do CREAS, 3524-2331 ou 3524-8154.

Assessoria

Compartilhe: