Crime eleitoral
Foto Polícia Militar

Na tarde de sábado (14), policiais civis e militares de Palmas foram acionados pelo Juiz de Direito Eleitoral da Comarca em um posto de combustíveis na Rua Carlos Seixas Saldanha para uma ocorrência de crime eleitoral (compra de votos).

No local foi constatado vários abastecimentos de combustível, autorizados pela filha de uma candidata, que seriam liberados a eleitores mediante anotações de nomes no contravale de abastecimento e que após as eleições a candidata iria realizar o pagamento.

No local foram apreendidos vários “santinhos” e contravales e durante a ocorrência chegou no posto um homem encaminhado pela candidata para abastecer 20 litros de combustível para ir até Coronel Domingos Soares buscar sua mãe para votar.

O proprietário do posto e o eleitor foram encaminhados para a delegacia da Polícia Civil.