Francisco Beltrão
Crédito Pedro de Oliveira/ALEP

Da assessoria – O fim da cobrança de uma sobretaxa do leite em pó proveniente da Europa e da Nova Zelândia, conhecida comoantidumping, tem gerado um clima de incerteza entre produtores de leite de todo o país. No Sudoeste do Paraná não é diferente, já que a região é a maior produtora do estado. Estima-se que o fim da barreira tarifária pode significar redução da demanda pela produção interna. Tendo em vista o atual cenário, o deputado estadual Reichembach manifesta preocupação com o futuro da produção. Nos próximos dias, o parlamentar deve manter contato com membros do Conseleite, do Sindileite e da Aliança Láctea do Sul para tratar sobre as consequências do fim da tarifa.

No âmbito da Assembleia Legislativa, Reichembach propôs a recriação da Frente Parlamentar do Leite, junto com os deputados Professor Lemos e Luciana Rafagnin. Além disso, uma audiência pública está sendo articulada pelos parlamentares, no Plenarinho da Assembleia, na próxima segunda-feira, às 9h, para debater a situação do segmento.