Pandemia
Reichembach defende maior fiscalização e punição para quem participa de festas clandestinas (Foto: Arquivo)

Da Assessoria – Na segunda-feira, 08 de março, o deputado Reichembach se pronunciou na sessão plenária da Assembleia Legislativa do Paraná. Dentre os assuntos tratados, os efeitos da pandemia na economia do estado, e a necessidade de aumentar a fiscalização para evitar aglomerações e festas clandestinas. 

“Estamos vivendo praticamente o colapso do sistema de saúde em função do aumento desordenado de casos, isso, em grande parte, porque continuam acontecendo festas e aglomerações. É preciso punir quem organiza e quem participa destas atividades neste momento”, afirma Reichembach. 

Ainda sobre a pandemia, o deputado ressaltou a necessidade da vacinação em massa da população. “As vacinas estão chegando muito vagarosamente, por isso precisamos apoiar nosso governador, prefeitos, o próprio Ministério da Saúde para que haja esse esforço coletivo para compra de mais imunizantes”, ressalta. 

Reichembach aproveitou o espaço para parabenizar a todas as paranaenses pelo Dia Internacional da Mulher, e para incentivar o cumprimento das leis que protegem as mulheres. “Houve um aumento na criação dessas leis, mas acabamos derrapando na fiscalização, e isso faz com que os casos de violência continuem acontecendo”, afirma o deputado. De acordo com o Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, só em 2020 foram mais de 105 mil queixas feitas por mulheres pelo Ligue 180 e do Disque 100. Ainda no ano passado, cinco mulheres foram mortas por dia vítimas do feminicídio.