Pato Branco
Foto Divulgação Polícia Civil

Em entrevista a Rádio Itapuã de Pato Branco na manhã desta terça-feira (01), o delegado chefe da 5ª SDP de Pato Branco, Helder Lauria, informou que recebeu do IML a informação que a perna encontrada na estação de tratamento esgoto da Sanepar, confirmou ser de uma criança com idade entre 30 e 60 dias e que a perna teria sido amputada.

A criança pode ter sido morta cruelmente e as partes do corpo terem sido espalhadas em lugares diferentes o que está dificultando a investigação policial.

O delegado Helder, informou que qualquer informação pode ser repassada pelo telefone 197 sem necessidade de identificação.

O delegado relatou a equipe de reportagem que nunca encontrou algo semelhante em sua carreira.