Geral
Foto Assessoria

Da Assessoria – Segundo a Receita Federal, mais de 2 milhões de paranaenses devem declarar o Imposto de Renda em 2021. O que muitos contribuintes não sabem é que podem destinar parte do imposto devido para os fundos da criança e do adolescente e também ao fundo da pessoa idosa dos seus municípios. Cada contribuinte pode designar até 6% do seu imposto devido antes das restituições (3% para os fundos da criança e adolescente e 3% para os fundos do idoso), e não paga nada a mais. 

O assunto foi tratado pelo deputado Reichembach durante a sessão plenária da Assembleia Legislativa do Paraná (Alep) na sessão plenária de segunda-feira, 22. “No período da pandemia, os problemas sociais se acentuaram muito, então esta é uma possibilidade de impactar diretamente na sua comunidade com um recurso que será investido com segurança e transparência”, afirma Reichembach. A destinação destes recursos é fiscalizada pelo Ministério Público e demais entidades, como o conselho municipal e a própria entidade beneficiada. 

Em 2020, os estados do Paraná e Santa Catarina juntos poderiam ter repassado cerca de R$ 674 milhões aos fundos sociais, porém apenas R$ 19,5 milhões foram destinados a estes grupos mais vulneráveis – menos de 3% do total. “É importante que os órgãos estaduais e municipais estimulem a campanha de destinação do imposto de renda aos fundos, e assim ajudarmos quem mais precisa”, ressalta Reichembach. 

Pessoas interessadas podem falar com seu contabilista, ou buscar mais informações no site da Receita Federal, o https://www.gov.br/receitafederal/pt-br/assuntos/meu-imposto-de-renda. Este ano a declaração vai até 30 de abril, e pode ser feita diretamente pelo aplicativo Meu Imposto de Renda.