Economia
Foto Assessoria Cresol

Firmando parcerias importantes e formalizando propostas de financiamentos, a Cooperativa garantiu bons frutos durante os cinco dias de evento

Da Assessoria – Sendo uma das expositoras da 38ª edição do Show Rural Coopavel, que aconteceu na última semana, a Cresol encerrou sua participação de forma positiva e com grandes negócios. Só em propostas protocoladas de intenções de financiamentos, a Cooperativa somou mais de R$ 160 milhões, durante os cinco dias de evento. Além disso, a ocasião permitiu que temas importantes para a comunidade agrícola fossem debatidos e novas parcerias foram firmadas que deverão trazer benefícios a longo prazo.

Durante a feira, a Cresol recebeu a visita de representantes do BNDES – Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social em seu stand. O presidente da Cresol Confederação, Cledir Magri, e o vice-presidente Adriano Michelon, recepcionaram o gerente de relacionamento do BNDES, Claudio Rabelo e o administrador Rodrigo Cruz, evidenciando a parceria de longa data que a cooperativa tem com o banco.

Na ocasião, além do alinhamento para o atual Plano Safra, também falou-se sobre as demandas de recursos para o próximo ano agrícola, que inicia em 1º de julho. Também estiveram presentes no encontro dirigentes e representantes de outras unidades da Cresol.

Satisfeito com mais um encontro produtivo com o BNDES, o presidente Cledir Magri comemorou. 

“Temos acesso à linha de crédito Custeio BNDES com recursos próprios, onde a Cresol é uma das operadoras e propositoras. Também buscamos sempre qualificar e ampliar essa parceria, mantendo uma relação de proximidade, pois o BNDES sempre tem nos atendido de maneira muito qualificada frente às nossas demandas. Foi mais um momento de mostrarmos esse bom relacionamento entre as instituições que têm como foco o atendimento dos nossos cooperados”.

Claudio Rabelo, gerente de relacionamento do BNDES, também destacou a parceria de mais de 20 anos com a cooperativa. “A Cresol é um parceiro histórico do BNDES. Além de ser o maior repassador de programas do Plano Safra e o terceiro maior no repasse de todas as linhas do BNDES, também sempre foi importante na implementação de novas soluções. Com o Crédito Rural Custeio não foi diferente, foi a primeira instituição financeira a operar a linha que oferece recursos para custeio quando os programas do Plano Safra não estão disponíveis”.

Parcerias Firmadas

Entre os exemplos de retornos positivos para a comunidade agrícola que o evento proporcionou está a assinatura de convênio com o BRDE – Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul. O cooperado da Cresol de Cascavel, Anélio Casagrande, foi um dos beneficiados. O produtor irá usar um montante de aproximadamente R$50 mil para a construção de um sistema de captação de água, que irá lhe garantir a qualidade e fornecimento constante para a horticultura.

Vale ressaltar que além da assinatura, Wilson Lipski, presidente do BRDE, fez questão de destacar o papel das cooperativas de crédito e agradecer a Cresol e as demais instituições, com a entrega de um troféu como forma de reconhecimento.

O Show Rural também deixou em evidência a parceria entre a Cresol e o PTI – Parque Tecnológico Itaipu, que teve início há dois anos e continua rendendo bons frutos. O objetivo inicial era desenvolver o monitoramento das propriedades agrícolas via satélite, um projeto que já avançou e atualmente encontra-se em uma fase dois. Em paralelo, a Cresol também foi pioneira no projeto chamado “Impulso”, onde o papel do PTI é identificar ideias de uma determinada instituição, entendê-la e estruturá-la da melhor forma e, após ter o projeto definido, buscar a parceria de startups do mercado que tenham sinergia para ajudar a executá-lo.

“O grande objetivo do Parque Tecnológico é fazer conexões e fomentar a tecnologia aberta, deixá-la acessível ao público. Eles nos ajudam a estruturar projetos que vem somar com o dia a dia da cooperativa levando agilidade, simplicidade e automação para o agro. E com base no que identificamos eles acham as startups para desenvolver e nós colocamos para rodar na comunidade. Nossa meta é na próxima edição da feira, em 2023, apresentarmos tudo que construímos ao longo de 2022. E a cereja do bolo, um benefício bônus que ganhamos com essa parceria, é que também temos uma sala exclusiva para Cresol dentro do Show Rural, na área de tecnologia, que nós podemos usar durante o ano inteiro até a próxima feira”, avalia o vice-presidente da Cresol, Adriano Michelon.