Economia
Foto Assessoria

A campanha ainda evidencia a necessidade de aliar a tecnologia ao agro, promovendo o desenvolvimento de forma sustentável. Além disso, busca reforçar que o agronegócio é para todos, trazendo uma figura feminina como produtora rural. Para finalizar, a campanha traz os três personagens: o homem mais jovem (+30), o homem mais velho (+60) e a mulher (+40), que mesmo com suas particularidades, tem em comum a integração com o campo e a parceria com a Cresol.     

Além da produção do filme de 30 segundos, a Campanha também contará com uma outra ação, a divulgação de uma Websérie que trará “histórias que cooperam entre as linhas do campo”. Contando com 10 episódios de um minuto cada, a websérie mostra depoimentos de cooperados reais da Cresol, de vários estados brasileiros e que se dedicam à diferentes tipos de produções, que contam um pouco de sua história e explicam de que forma as soluções financeiras da instituição contribuíram para o seu negócio. 

“O trabalho da Cresol sempre esteve muito ligado ao agronegócio e para nós é muito importante enaltecer esse setor e mostrar para a sociedade o quanto o agro está presente em todo lugar e é de extrema importância para a nossa sobrevivência e evolução dos negócios. Nós como cooperativa financeira, temos como diferencial de outras instituições financeiras, um trabalho mais focado com os pequenos empreendedores, estando entre eles os produtores rurais. Só em 2021, os repasses do BNDES por meio da Cresol totalizaram R$ 2,9 bilhões e mais de 65 mil operações de crédito destinadas para subsidiar a Agricultura Familiar, por isso nada mais justo do que pensarmos em dar voz a esse segmento”, explica Adriano Michelon, vice-presidente da Cresol.

A campanha, que tem alcance nacional, será rodada em TV’s abertas, rádios, jornais, revistas e portais onde a Cresol atua. Além dos canais proprietários da Cooperativa na Internet e redes sociais.

(Produção Agência: Idéxis)