Segurança
Condutor do Logan provocou o acidente. – Foto Leodir Pereira/Rádio Pérola

O condutor do veículo Renault/Logan, que se envolveu em um acidente com um Gol, no domingo (19) na BR-163 em Planalto e que resultou na morte de cinco pessoas, teve a prisão em flagrante convertido para prisão preventiva após audiência de custódia na segunda-feira (20).

Segundo o delegado responsável pelo inquérito policial Rodrigo Colombelli, informou que o condutor do Logan, realizou uma ultrapassagem em local proibido e colidiu frontalmente com o Gol, causando a morte de cinco pessoas, quatro adultos e uma criança.

O condutor do Logan foi submetido a teste de etilômetro que apontou 0,54mg/l, caracterizando crime de embriaguez ao volante, sendo encaminhado a delegacia de polícia onde foi autuado pelo crime de cinco homicídios e de lesão corporal culposa contra a esposa e a filha que estavam no veículo e sofreram ferimentos.

O homem está preso no DEPPEN em Francisco Beltrão a disposição da Justiça. A identidade do detido não foi revelada o que impede o contato com a defesa do condutor.

As cinco vítimas do grave acidente na rodovia BR-163 na noite de domingo (19), estão sendo velados no Pavilhão Católico da Comunidade do Centro Novo em Planalto. André Carlos Obalski (condutor), Gessi Oliveira Herichs, Rosaria Obalski (mãe de André), Antônio Carlos Herichs (5 anos) e Ilaine Becher (mãe da criança) foram liberados no IML de Francisco Beltrão e transladado ao município de Planalto. A celebração de corpo presente será às 9 horas de terça-feira (21) e logo após o sepultamento no cemitério da comunidade.