Geral
Deputado Reichembach, líder do Bloco Agropecuário (Foto: Alep)

Da Assessoria – No último sábado, 23, fortes temporais atingiram todo o Paraná, prejudicando a distribuição de energia em mais de 1,2 milhão de unidades consumidoras nas áreas urbanas e rurais. O deputado Reichembach, líder do Bloco Agropecuário e coordenador da Frente Parlamentar do Leite na Assembleia Legislativa do Paraná, usou o espaço da sessão plenária de terça-feira, 26, para falar sobre esse e outros temas.

Na oportunidade, Reichembach parabenizou o coordenador estadual da Defesa Civil, Fernando Schunig, e toda equipe pelo trabalho prestado às famílias após as chuvas. “Graças à tecnologia e ao acompanhamento dos membros da Defesa Civil, foi possível orientar e auxiliar os municípios afetados, fazendo com que a ajuda chegasse o mais rápido possível à população”, ressalta.

Reichembach também ressaltou a importância dos investimentos da Copel nas redes de energia, com o programa Paraná Trifásico, mas afirma que é preciso um reforço ainda maior nos serviços. “Muitos produtores de leites, aves, suínos, acabam tendo suas atividades interrompidas e prejuízos financeiros, por isso é preciso fortalecer o setor tecnológico, que pode prestar respostas imediatas aos consumidores, e realizar mutirões para normalizar a distribuição nas áreas mais remotas”, completa.

EDUCAÇÃO – Durante o pronunciamento, o deputado citou o pagamento das progressões e promoções aos profissionais da educação, e reafirmou a necessidade de retomada do PDE reformulado. “Este é um importante projeto que valoriza os professores e gera ainda mais conhecimento, vamos voltar ao debate com o Governo do Estado e Secretaria de Educação para que ele seja reiniciado o mais breve possível”, destaca.

Reichembach também parabenizou o Governo do Estado pelo programa Robótica Paraná, que já distribuiu kits robótica para 200 escolas, e que em breve estará em todas as instituições estaduais de ensino. O deputado foi responsável pela indicação de kits para 8 escolas. No total, o Estado está entregando mais de 2.500 kits que vão atender 250 colégios com um investimento de R$ 9,1 milhões. Os kits são compostos por notebooks, material de estudo e um conjunto de peças com 448 peças.