Francisco Beltrão
Em média, são realizados 100 atendimentos clínicos e 80 castrações por mês no Centro de Zoonoses de Francisco Beltrão (Foto: Assessoria Reichembach).

Local foi visitado pelo deputado Reichembach, autor da lei 18.550/2015

Da Assessoria
Prestes a completar três anos de instalação, o Centro Apoio ao Controle de Zoonoses e Bem-estar Animal de Francisco Beltrão comemora a marca de quase 200 atendimentos mensais. “São, em média, 100 atendimentos clínicos e 80 castrações por mês”, explica o médico veterinário Luiz Carlos Tourinho. 

Localizado na Pedreira Mãe Natureza, o centro atende animais de rua, animais sob tutela de famílias de baixa renda devidamente comprovadas por meio do CAD ÚNICO, realiza atendimento a denúncia referentes a maus-tratos aos animais e desenvolve de forma continuada o Programa de Esterilização Cirúrgica de Cães e Gatos.

O deputado estadual Reichembach (PSD) visitou a estrutura e conheceu os 22 animais que estão prontos para a adoção. “Tenho um carinho muito grande pela causa animal, por isso fico feliz em saber e confirmar que o Centro de Zoonoses faz um belo trabalho que tem dado bons resultados graças ao empenho dos colaboradores da instituição e do apoio da administração municipal”, afirma Reichembach, que é autor da lei nº 18550/2015, que prevê ações de vigilância sanitária no controle de zoonoses no estado. Dentre as disposições da norma, está a implementação de Centros de Zoonoses nos municípios sede das Regionais de Saúde do Paraná, a exemplo de Beltrão.

Adoção responsável e denúncia
Quem tiver interesse em adotar um animal recolhido pelo Centro de Zoonoses de Beltrão, deve agendar uma visita ao local através do fone 3524- 4033.  Já as denúncias referentes a maus-tratos devem ser registradas por meio da ouvidoria municipal no telefone 3524-0269.

Selo Amigo dos Animais
Junto com o Deputado Evandro Araújo, Reichembach é coautor do projeto de lei 160/2022, que institui o selo “Amigo dos Animais”. A certificação propõe o reconhecimento de empresas, associações e fundações que se destacam na promoção de iniciativas da causa animal no Paraná. “Essa é mais uma forma de cuidarmos dos nossos animais, sejam eles de pequeno ou grande porte, domésticos ou selvagens. Todos os seres vivos merecem respeito!”, finaliza o deputado. O projeto está tramitando nas comissões da Assembleia Legislativa do Paraná, e em breve será votado pelo plenário da Casa.