Marmeleiro
Foto PP News

Mais um dos envolvidos no crime de feminicídio onde foi executada a tiros Adriana Hoesel Ferronatto, 34 anos, á época do crime, em 11 de outubro de 2016.

Está sendo julgado nesta quarta-feira (09) no Tribunal do Júri da Comarca de Marmeleiro, Vinicius Alceu Soares da Silva, 29 anos, que é o acusado de ter executado o crime, matando Adriana com disparos de pistola.

Outros envolvidos já foram julgados e condenados. Marciano Stolffo, que teria intermediado a contratação dos pistoleiros, foi condenado a 9 anos e 6 meses de prisão, já cumpriu parte da pena e responde o restante em liberdade. O segundo envolvido, André Santos da Silva, 23 anos, que conduzia o veículo no dia do crime e teve participação direta, foi julgado em 2020 e condenado a 17 anos e 6 meses de prisão, onde cumpre a pena na Penitenciária Estadual de Francisco Beltrão, onde Vinicius está preso e aguardava o julgamento popular, que acontece nesta quarta-feira.

Os demais envolvidos um outro intermediário e o mandante do crime ainda aguardam julgamento em liberdade. Os envolvidos teriam sido contratados para matar Adriana, por R$ 80.000,00, pelo fato do mandante não querer assumir a paternidade do filho que ela estava esperando.

O julgamento de hoje está previsto para terminar no início da noite quando será divulgada a sentença final.