Policial

Policiais civis e militares de Marmeleiro e Renascença prenderam através de mandado de prisão na tarde de sexta-feira (20) em Renascença um homem acusado de coagir testemunha no inquérito policial que apura a morte de Adriana Ferronato Zuchello, 34 anos. Ele foi encaminhado para a 19ª SDP ficando a disposição da justiça.

O caso

Adriana foi morta no dia 11 de outubro de 2016, quando dirigia uma Van escolar no bairro Coophamar em Marmeleiro e foi abordada por um veículo Astra, preto, um homem desembarcou e efetuou disparos contra ela. Adriana chegou a ser socorrida e encaminhada ao Hospital Regional, mas não resistiu e acabou falecendo. Adriana estava grávida de três meses.

Suspeitos de envolvimento no crime foram presos em outras ocasiões.