Marmeleiro
Foto PP News

Na terça-feira (29), ocorreu julgamento no Tribunal do Júri da Comarca de Marmeleiro, onde foram submetidos a júri popular Vanderlei dos Santos Camargo e Elisangela Schimitt, acusados de dupla tentativa de homicídio contra Sidnei Righi de Oliveira e João Carlos Sutil de Oliveira.

Os fatos teriam ocorrido no dia 03 de dezembro d 2017 na Vila Roma, na casa dos acusados onde teria ocorrido um desentendimento e as vitimas sofreram as lesões. Vanderlei chegou a ser preso na época, mas através de habeas corpus foi colocado em liberdade.

No julgamento a defesa feita pelos advogados Fernando Biava da Silva e Vanilton Soares da Silva, alegaram a tese da legítima defesa.

O resultado final foi de absolvição de Elisangela e quanto a Vanderlei foi acolhida a tese de desclassificação das duas tentativas de homicídio para Lesão Corporal. Ele foi condenado a um ano de reclusão pelo crime.

O Ministério Público foi representando pelo Promotor de Justiça Arthur Jonas Mendonça.

O Júri Popular que iniciou às 08h30 e terminou às 21h, foi presidido pela Juíza de Direito Drª Daniela Franco Reis e Silva.