Geral
Deputado Reichembach Foto: Alep)

Da Assessoria – Na terça-feira, 08 de março, o deputado Reichembach utilizou o espaço da sessão plenária da Assembleia Legislativa do Paraná para parabenizar as mulheres pelo seu dia, e também tratar de assuntos importantes para o estado. Dentre eles, as consequências da estiagem que tem atingido o Paraná.

Reichembach citou os frequentes pedidos das administrações municipais por caminhões-pipa, para abastecer as comunidades. “Esta é uma solução imediata que estamos atendendo, porém esperamos que as aguardadas chuvas venham para abastecer os reservatórios e melhorar a vida de todos, especialmente dos produtores rurais que têm sido os mais impactados com a falta d’água”, afirma o deputado.

Outra consequência da estiagem no Paraná é a abertura indiscriminada de poços artesianos, que a longo prazo podem trazer prejuízos ao meio ambiente. Neste sentido, Reichembach deve protocolar junto ao Governo do Estado e à Secretaria de Agricultura (SEAB), um requerimento solicitando a elaboração de um programa bem estruturado de recuperação de fontes, fortalecimento da mata ciliar e preservação de nascentes no Paraná. “Acredito que um projeto desenvolvido pela SEAB em parceria com o IDR e as administrações municipais trará grandes benefícios a todos”, ressalta o deputado.

30ª Expobel
Durante o pronunciamento, o deputado enfatizou a realização da 30ª edição da Expobel em Francisco Beltrão, que começou dia 5 e vai até o dia 13 de março. Este ano, a feira tem dado destaque às agroindústrias familiares da região, totalizando a oferta de quase 300 produtos diferentes, que estão sendo comercializados no pavilhão do Parque Jayme Canet Junior.

Rota do Queijo 
Um dos destaques da Expobel é o lançamento da Rota do Queijo Paranaense, projeto do Governo do Estado que contempla 30 agroindústrias, sendo 15 do Sudoeste. “O nosso potencial produtivo é expressivo, e precisamos fomentar cada vez mais as nossas agroindústrias familiares, para que tenham condições de oferecer cada vez mais qualidade, gerar mais renda e ser feliz no que faz”, completa Reichembach, que é líder do Bloco Agropecuário e coordenador da Frente Parlamentar do Leite na Assembleia Legislativa do Paraná (Alep).