Região
Foto PM

A noite de sexta-feira (21) e madrugada deste sábado (22) foram marcadas por verdadeira tragédia no bairro São Francisco em Palmas, resultando em dois homens mortos, quatro feridos, casa e igreja incendiadas.

Segundo a Polícia Militar, uma testemunha, esposa de um dos envolvidos, relatou que o fato aconteceu em frente à uma Igreja, que tem anexa a casa de um pastor. A testemunha relatou que a igreja havia ficado sem energia elétrica, e que o pastor havia pedido para alguém da rua consertar.

Ainda segundo a polícia, o homem pediu R$ 10 reais para realizar o serviço, mas o pastor disse que não pagaria. Neste momento então começou uma confusão e algumas pessoas interferiram.

O homem de 35 anos que se dispôs realizar o conserto foi até sua residência e retornou ao local com seus dois irmãos de 21 e 33 anos e realizou disparos contra as pessoas que estavam em frente a igreja, sendo alvejados quatro homens de 21, 22, 25 e 32 anos. Vagner Pereira, de 25 anos não resistiu aos ferimentos e entrou em óbito. O autor dos disparos também foi alvejado com um tiro no abdômen e foi preso no hospital.

Conforme a PM, por volta das 5h da manhã de sábado (22), aproximadamente quatro pessoas encapuzadas foram na casa do pastor João Carlos Batista. Ao sair para verificar o que estava acontecendo, o pastor foi alvejado com cerca de 13 disparos de arma de fogo na região abdominal e também veio a óbito no local.

As circunstâncias serão apuradas. A informação que a Polícia Militar tem até o momento é que a vítima de 21 anos foi alvejada na cabeça, a de 22 e 32 no abdômen.

Os corpos das vítimas foram encaminhados ao IML. A Polícia Civil investiga o caso.