Acidente de trabalho

De autoria do deputado Reichembach, projeto de lei sobre o tema será protocolado na Alep.

Da Assessoria – As atividades agrícolas, em especial a utilização de maquinário, estão entre as três atividades mais perigosas para os trabalhadores, sendo que para cada três acidentes ocorridos no campo, um ocasionou a incapacidade permanente do trabalhador. Para fortalecer as ações de prevenção deste tipo de incidente no estado, o deputado Reichembach deve protocolar ainda esta semana na Assembleia Legislativa do Paraná (Alep) o projeto de lei que cria a Semana de Prevenção de Acidentes de Trabalho no Meio Rural.
 
Os dados impressionam: de acordo com a Organização Internacional do Trabalho (OIT), os acidentes deste tipo no meio rural causam cerca de 3 mil mortes ao ano no Brasil, que é o líder de ocorrências no mundo. “O número é alto, mas não são apenas números, são famílias destruídas por fatalidades. O intuito do projeto de lei é que os agricultores previnam-se cada vez mais através de pequenas mudanças de hábito durante a rotina de trabalho”, ressalta Reichembach, que é líder do Bloco Agropecuário na Alep.
 
SEAB
A ideia é que a Secretaria de Agricultura (SEAB) faça parte das ações de prevenção de acidentes de trabalho no meio rural. “Precisamos tratar deste assunto com atenção, já que o Paraná é um grande produtor agrícola, com muitos trabalhadores lidando com máquinas pesadas, portanto um projeto de lei neste sentido é muito importante”, afirma a chefe do núcleo regional da SEAB de Francisco Beltrão, Denise Adamchuk.
 
Recomendações
 “A orientação é que os produtores arrisquem menos e façam o uso dos equipamentos com muita segurança, tomando todas as medidas preventivas possíveis, evitando acidentes e até a morte dos trabalhadores”, diz o Comandante do 10º Grupamento de Bombeiros de Francisco Beltrão, Major Heitor Soster. Além disso, realizar a manutenção periódica no maquinário ajuda a evitar as ocorrências.
 
 
Acidentes no Paraná
De acordo com dados do Corpo de Bombeiros do Paraná, no ano passado foram registrados 484 acidentes com máquinas, sendo 39 deles na região Sudoeste. Este ano, já são 162 ocorrências do mesmo tipo, 13 delas no Sudoeste, com ao menos 5 vítimas fatais.