Segurança
Foto reprodução

O Ministério Público, através da Promotoria de Justiça de São João interditou um bar em São Jorge  do Oeste, município que integra a comarca.  

Segundo o MPPR, suspeito de funcionar como ponto de prostituição, o estabelecimento não possuía licença sanitária e alvará de vistoria do Corpo de Bombeiros.

Durante a fiscalização, uma criança e um adolescente foram encontrados no local e encaminhados aos familiares pelo Conselho Tutelar.

Além de representantes do Ministério Público e do Conselho Tutelar, a vistoria contou com a participação de integrantes da Polícia Militar, do Corpo de Bombeiros e da Vigilância Sanitária.

Várias outras irregularidades foram constatadas e uma pessoa foi presa em flagrante por suspostamente manter casa de prostituição.