Esportes, Francisco Beltrão
Reprodução Globo Esporte

O Atlético-PR teve domínio total no primeiro tempo contra o Clube Esportivo União de Francisco Beltrão. Foram três boas chances criadas na etapa inicial. A primeira delas foi aos 15 minutos, quando o lateral-direito Diego arriscou uma bomba de longe e obrigou Marcos Paulo a fazer grande defesa. Em seguida foi a vez de Marcinho tentar na pequena área, batendo de primeira, mas parando no goleiro. Aos 22, o Furacão parou no travessão. A zaga do União-PR deu bobeira e a bola sobrou para João Pedro, que cabeceou e acertou o travessão. Quem também quase marcou foi Éderson, na cara do gol, ao tentar mandar de primeira. O gol atleticano estava maduro e veio aos 35 minutos. Matheus Anjos tocou na medida para João Pedro chutar na saída de Marcos Paulo, marcando o segundo dele no Paranaense.

O União fez duas mudanças no segundo tempo, tirando o experiente Schwenck e William Henrique para as entradas de Lucas Vieira e Max, respectivamente. Aos poucos, os visitantes foram se soltando no jogo e chegando mais a gol, principalmente com Vieira e Welisson, dando trabalho a Caio. O Furacão caiu de produção e só assustou aos 13 minutos, quando Diego cruzou na medida para Nicolas, que cabeceou para o chão e a bola foi por cima do gol. Outra chance foi aos 25, com João Diego cruza da direita e Nicolas erra o cabeceio. Na sequência, João Pedro pegou o rebote da zaga e chutou forte, mas Marcos Paulo espalmou. E foi só. Os visitantes não conseguiram empatar e o Rubro-Negro se contentou com o placar magro.

Fonte: Globo Esporte