Francisco Beltrão
Foto Facebook Colégio Suplicy

A direção Colégio Suplicy publicou uma nota oficial na tarde desta quinta-feira (25), referente aos acontecimentos ocorridos nos últimos dias onde algumas contas ‘fakes’ criadas no Instagram, contendo fotos e vídeos expuseram alunos e professores do estabelecimento.

Confira Nota oficial

“O Colégio Suplicy vem a público via redes sociais se manifestar perante os fatos ocorridos nos dias 24 e 25 de novembro (quarta e quinta-feira).

Há algumas semanas a nossa equipe identificou algumas contas na rede social Instagram, contendo fotos e vídeos expondo alunos e professores do colégio. Prontamente comunicamos à ouvidoria do Núcleo Regional, Conselho Tutelar e Polícia Militar para tomar as medidas cabíveis. Após alguns dias essas contas foram desativadas.

Porém, na quarta-feira (24) uma nova conta na mesma rede social foi criada contendo fotos, vídeos e comentários denegrindo a imagem de professores, funcionários e alunos, além de divulgações de dados pessoais de várias pessoas ligadas à escola.

Um dos vídeos, inclusive, aparece um aluno utilizando do álcool destinado para a limpeza dos netbooks da escola para atear fogo em uma carteira onde segundos depois foi apagado. Posteriormente foi constatado que foram postadas imagens e vídeos nos “storys”, recurso da rede social que permite publicar fotos e vídeos temporários que são deletados automaticamente em 24h, contendo mais imagens e vídeos denegrindo alunos e professores.

Uma imagem chamou mais atenção pois continha munições e uma arma de fogo e na descrição continha a palavra “massacre” além de uma passagem Bíblica (Ef: 6: 12).

Na manhã desta quinta-feira (25) identificamos alguns alunos que fizeram vídeos ou participaram dos mesmos e, com o apoio da Polícia Militar, encaminhamos à delegacia para que fosse feito Boletim de Ocorrência juntamente com a diretora Tânia e com os responsáveis pelos alunos.

Na tarde desta quinta-feira (25) a página voltou a fazer publicações constantes com armas de fogo e as informações estão sendo passadas constantemente para as autoridades competentes.

O Colégio Suplicy possui apenas uma conta ativa no Instagram (colsuplicy) e no Facebook onde são postadas notícias, informações e outros conteúdos pedagógicos, portanto não tem qualquer ligação com as postagens desse perfil falso.

Reiteramos que a Direção não compactua com qualquer ato que não seja pedagógico no ambiente escolar e solicitamos junto às famílias para que seja feita a denúncia da página na própria plataforma Instagram para que logo ela seja excluída.

A equipe do Colégio Suplicy (Direção, Pedagogas, Professores e Funcionários) enfatiza a importância do monitoramento dos pais perante o uso das redes sociais pelos seus filhos e as consequências que o mal uso dessas ferramentas podem causar.

Com relação às aulas, estas deverão permanecer online via meet até a situação ser resolvida pelas autoridades competentes.

Enfatizamos que a nossa principal preocupação e prioridade nesse momento é garantir a segurança e integridade física dos alunos, professores e funcionários deste estabelecimento de ensino.

Enquanto isso, a escola permanece aberta para atender a comunidade escolar.

Qualquer nova informação postaremos nas redes sociais oficiais da escola”.

A Direção.