Francisco Beltrão
Fotos Assessoria PMFB

Assessoria – A obra de contenção de Cheias de Francisco Beltrão teve mais um momento histórico nesta sexta-feira, dia 25 de março. Pela primeira vez as águas do Rio Marrecas chegaram ao emboque do túnel, no Parque de Exposições, por meio do antigo canal do Córrego Urutago que está sendo alargado e aprofundado. A obra ainda não está pronta, mas já contribuiu com a sua função de evitar enchentes na cidade.

Como o nível do Marrecas aumentou devido ao grande volume de chuvas, a água excedente foi para o canal e por consequência chegou ao túnel, cujo emboque fica no Parque de Exposições.

“É algo que não estava programado e foi proporcionado pela própria natureza. Mas valeu o teste, porque mostrou que o projeto vai funcionar como está previsto”, relata o prefeito Cleber Fontana.

A obra é a maior da história de Francisco Beltrão e está sendo realizado por meio de parceria da prefeitura com o Governo do Estado. Serão investidos mais de R$ 50 milhões para resolver o histórico problema das enchentes, que afetam a cidade há décadas. Inclusive o projeto já começa a ser adotado como modelo para outras cidades do Brasil.