Policial
Fotos Polícia Militar

Após várias denúncias no final da tarde de sábado (04) informando que em uma propriedade na comunidade de Aparecida D’Oeste, em Enéas Marques estava ocorrendo a prática ilegal de rinha de galos, os policiais foram até o local e ao chegar, cerca de 20 pessoas fugiram para o mato permanecendo o dono da propriedade.

Segundo a Polícia Militar, dentro de um barraco havia dois ringues com dois animais em combate, nove galos presos em gaiolas, dois apresentavam ferimentos e cinco em caixas de papelão, caracterizando maus tratos aos animais.

Foram localizados ainda utensílios para a prática de rinha de galos como 50 esporas, biqueiras, tapa olho e alicate.

Conforme Decreto Federal 6.514/2008 foram destruídos o barraco e as arenas. Os 18 galos ficaram sob os cuidados do dono da propriedade que ficou como fiel depositário até decisão judicial.

Os utensílios apreendidos e os envolvidos foram encaminhados ao destacamento da Polícia Militara para o Termo Circunstanciado.