Dois Vizinhos
Foto Polícia Militar

A Polícia Civil de Dois Vizinhos elucidou o crime do abandono do recém-nascido no sábado (18), em Dois Vizinhos.

Segundo informações do delegado Joselito Teixeira dos Santos, a mãe é uma adolescente de 15 anos, que vive em situação extrema de pobreza, enquanto o pai tem 18 anos. A mãe não fez pré-natal durante toda a gravidez. As investigações sobre o caso começaram na manhã desta segunda-feira (20), com auxílio do Conselho Tutelar, que ajudou a identificar os pais da criança.

De acordo com o delegado, a mãe escondeu a gravidez até o fim. A história de que a criança foi achada no terreno foi inventada pelos jovens, que conhecem os pais do bebê.

Segundo a polícia, assim que a criança nasceu, o pai ligou para pedir ajuda a um primo. Nesse momento eles disseram que não queriam o filho. Então o primo, a namorada dele e uma amiga levaram o bebê até o hospital e contaram essa história achando que era o melhor a se fazer naquele momento.

O pai da criança foi ouvido pela polícia e liberado. Ele responderá por abandono de incapaz. A mãe também responderá por abandono de incapaz, porém em processo especial pela Vara da Infância e Juventude, por ser menor de idade.

A adolescente que entregou a criança também é menor e responderá um procedimento especial por ter conhecimento do abandono de incapaz e ter praticado falsa comunicação.

O caso será acompanhado pela Justiça para definir sobre a adoção do bebê.

As informações são do Portal Educadora e G1 PR