Francisco Beltrão
Foto Arquivo PP News

Nesta quinta-feira (21) acontece no Tribunal do Júri da Comarca de Francisco Beltrão, mais um julgamento popular.

Sentarão no banco dos réus, Anderson Cristiano Duarte da Silva, “Patinho” e Pedro Arlindo Medeiros, acusados do homicídio onde foi vítima Ronaldo Damacena e tentativa de homicídio, Carlos Alexandre de Mossi.

Segundo os autos do processo, o crime ocorreu no dia 08 de janeiro de 2016, por volta de 23h30, na Avenida Luís Antônio Faedo, bairro São Cristovão, trevo de saída para a Água Branca, onde os acusados que ocupavam um veículo Gol, conduzido por Arlindo e que tinha como caroneiro Anderson, emparelharam com um veículo onde estavam as vítimas.

Anderson de posse de uma pistola calibre 380 efetuou vários disparos que atingiram Ronaldo Damacena, causando sua morte. Carlos Alexandre conseguiu escapar sem ser atingido.

No decorrer do processo os dois acusados foram denunciados por homicídio e tentativa de homicídio e porte ilegal de arma de fogo.

A Justiça entendeu que Anderson cometeu os crimes e Pedro Arlindo teve participação direta para consumação dos fatos.

O julgamento começa às 09h no Tribunal do Júri de Francisco Beltrão.