Francisco Beltrão

Em júri realizado nesta quinta-feira (02), no Tribunal do Juri da Comarca de Francisco Beltrão, o réu Claudiomir de Camargo Teixeira, que era acusado de tentativa de homicídio contra Edio dos Santos Rodrigues, foi condenado a 5 anos e anos e 4 meses de reclusão pelo crime de tentativa de homicídio e a 1 ano e detenção e 10 dias multa pelo crime de porte ilegal de arma de fogo.

O crime ocorreu no dia 29 de dezembro de 2019, por volta de 02h no interior de um clube de danças na cidade de Manfrinópolis, onde após um desentendimento, Claudiomir efetuou disparos de arma de fogo em Edio, causando ferimentos descritos em Laudo de Exame de Lesão Corporal, que caracterizou o crime de tentativa de homicídio.

O julgamento iniciou às 09h e encerrou às 19h13, quando a Juíza de Direito da Vara Criminal que presidiu o julgamento, Drª Janaína Monique Zanelatto Albino, proferiu a sentença final.

O réu que aguardava o julgamento em liberdade vai recorrer em liberdade da decisão do Tribunal do Júri.