Policial
Ilustração

O julgamento de Edinei Chaves, 28 anos, aconteceu no Tribunal do Júri da Comarca de Pato Branco, onde o réu que era acusado da morte de sua ex companheira Elisângela Guarnieri Bocchi, ocorrido em 28 de outubro de 2015 em frente a empresa que ela trabalhava em Itapejara D’ Oeste às 04h30 da madrugada quando ela chegava para o trabalho.

Edinei efetuou três disparos de arma de fogo que causaram a morte de Elisângela.

O motivo do crime teria sido a separação do casal. Ele foi acusado de feminicídio e após o depoimento de testemunhas e o debate entre acusação e defesa ele foi condenado a 16 anos e 06 meses de prisão, porém como respondia o processo em liberdade pode recorrer da decisão judicial em liberdade.

Colaboração Adelino Guimarães