Policial
Arquivo PPnews

Nesta quinta-feira (19) com início às 09h acontecerá mais um júri popular na comarca de Francisco Beltrão, quando deverá sentar no banco dos réus, Adarto de Jesus Gonçalves, 43 anos, acusado de matar a ex companheira.

Segundo a denúncia do Ministério Público, os fatos ocorreram  no dia 02 de fevereiro de 2012, por volta de 20h em uma propriedade na Linha Piedade, interior de Francisco Beltrão onde o acusado matou com dois tiros Luciana Câmera.

A investigação apurou que Adarto teria tido auxilio de um homem não identificado nos autos do processo.

Também foi apurado que o motivo do crime foi o fato de Luciana não querer conviver mais com ele, e utilizando de rede social, sites de relacionamentos, se fazendo passar por outra pessoa ele o atraiu para o local onde cometeu o crime.

Na época do crime Adarto residia em Pinhais, atualmente está preso na Penitenciária Estadual de Francisco Beltrão.

O julgamento será presidido pela Juíza Drª Daniela Maria Kruger, na Promotoria Drª Silvia Skaetta Nunes e na defesa o advogado José Valdeci de Paula.