Região
Foto PM

Uma jovem procurou a Polícia Militar de Palmas na manhã de domingo (14), e relatou que seu ex-cunhado obrigou sua irmã a entrar em um veículo VW/Gol e disse que iria matá-la e jogá-la no rio Caldeiras.

Uma equipe iniciou imediatamente as buscas e nas proximidades da ponte do rio Caldeiras, localizou o veículo informado com o casal em seu interior. Foi realizada a abordagem e o casal identificado, e em revista veicular foi localizado um facão com aproximadamente 65 centímetros de lâmina.

Conforme a PM, a vítima de 23 anos relatou à equipe que no dia anterior seu ex-convivente de 30 anos já havia a agredido com tapas, e no momento em que disse que iria terminar o relacionamento ele pegou um facão e disse que a mataria. Ela saiu de casa, uma vez que as agressões eram frequentes. Porém, na manhã de domingo, ela estava com sua irmã em via pública quando seu ex-convivente se aproximou e pediu para que as duas entrassem no veículo para buscar as filhas do casal. Em determinado momento, ele obrigou a irmã da vítima a descer do veículo e seguiu com a ex-companheira em direção à ponte do rio Caldeiras.

De acordo com a mulher, enquanto estavam no interior do veículo seu ex-companheiro estava muito alterado, agrediu-a com tapas, mordidas, torções e falava que não adiantava mais, que iria matá-la e jogar o corpo no mato. O homem foi preso e encaminhado pelo crime de violência doméstica e tentativa de feminicídio.