Saúde
Foto: Divulgação AEN

A Secretaria de Estado da Saúde confirmou mais três óbitos pela Covid-19, totalizando 93 mortes causadas pelo novo coronavírus. Novas 22 confirmações também constam no informe deste domingo (03), somando 1.514 casos. Com o número de pessoas morrendo pela doença, a necessidade de isolamento social é maior para conter a transmissão da doença.

As três mortes são de dois homens e uma mulher, todos estavam internados. Um homem de 44 anos, residente em Paranavaí, morreu neste sábado (02), uma moradora de Tamboara, de 53 anos, faleceu no dia 28 de abril, e o terceiro caso foi de um homem de 71 anos, residente de Fazenda Rio Grande que morreu neste domingo (03).

“Estamos lutando contra algo não visível. Esse vírus não escolhe lugar de residência, não escolhe idade, nem sexo. E não podemos enfatizar que são os idosos os mais afetados. Vejam os dados em nosso Estado, temos mais de um terço de óbitos de pessoas jovens, são 32 mortes com idade entre 34 e 59 anos”, disse o secretário de Estado da Saúde, Beto Preto.

A orientação do Governo do Paraná pelo isolamento social segue até que a pandemia perca força, reforça o secretário. Essa decisão se justifica pelas constantes avaliações feitas por especialistas da área de saúde em parceria com a Secretaria.

Em algumas regiões do Estado, como a 14ª Regional de Saúde, em Paranavaí, que envolve 57 municípios, há 176 casos confirmados em 21 municípios e oito mortes de residentes em seis cidades.

MUNICÍPIOS – Dos 399 municípios paranaenses, um terço, ou seja, 133 têm casos já confirmados da doença. Os 22 novos casos são nos municípios de  Arapongas (1), Céu Azul (1), Cianorte (1), Colombo (1), Curitiba (3), Guairacá (1), Londrina (1), Medianeira (2), Paranacity (1), Paranavaí (4), Ponta Grossa (1), São João do Caiuá (2), Tamboara (1) e Telêmaco Borba (2).

RECUPERADOS –  987 são considerados recuperados, de acordo com os dados dos pacientes que já estão liberados do isolamento social que foram atualizados até a sexta-feira (1).

RESIDENTES DE FORA – Pacientes que moram em outros estados e que tiveram o diagnóstico no Paraná são agora 19. O novo caso é de um morador do município de Pinhalzinho, em Santa Catarina, que recebeu atendimento em Sarandi e teve o diagnóstico confirmado para o novo coronavírus por exame laboratorial. Três residentes de fora do Estado foram morreram.

APOIO – As demonstrações de apoio ao isolamento social estão crescendo, como a do bispo Diocesano de Paranavaí, dom Mário Spaki, em vídeo disponibilizado pela diocese em que decide manter suspensas as atividades presenciais. “Prorrogo até o dia 15 de maio a suspensão das celebrações públicas da Santa Missa. Estaremos reavaliando dia após dia e se tudo melhorar nós mudaremos imediatamente e voltaremos a celebrar”.

O bispo justificou a decisão enfatizando que é possível que a doença se espalhe durante as celebrações presenciais. “Mesmo com todos os cuidados, com álcool gel, limpando e usando máscara, faremos aumentar o número de pessoas infectadas e de pessoas hospitalizadas, e talvez faremos até aumentar o número de pessoas mortas”, esclareceu dom Mário Spaki.

Fonte Sesa